Quarta-feira, 27 de Abril de 2005

Tempo Certo

TEMPO CERTO



De nada adianta querer apressar as coisas; Tudo vem ao seu tempo, dentro do prazo que lhe foi previsto, mas a natureza humana não é muito paciente. Temos pressa em tudo, e aí acontecem os atropelos do destino, aquela situação que você mesmo provoca por pura ansiedade de não aguardar.

Então alguém poderia dizer:

- Mas qual é esse tempo certo???

- Bom, basta observar os sinais...Quando alguma coisa está para acontecer ou chegar até sua vida, pequenas manifestações do quotidiano, enviarão sinais indicando o caminho. Pode ser a palavra de um Amigo, um texto lido, uma observação qualquer; mas com certeza, o sincronismo se encarregará de colocar você no lugar certo, na hora certa, no momento certo, diante da situação ou da pessoa certa!!! Basta você acreditar que, Nada Acontece Por Acaso!!!

E talvez seja por isso que você esteja agora lendo essas linhas... Tente observar melhor o que está a sua volta. Com certeza alguns desses sinais já estão por perto, e você nem os notou ainda. Lembre-se que:

O UNIVERSO SEMPRE CONSPIRA A SEU FAVOR, QUANDO VOCÊ POSSUI UM OBJETIVO CLARO E UMA DISPONIBILIDADE DE CRESCIMENTO.

Paulo Coelho
publicado por desejandoumanjo às 14:49
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Terça-feira, 26 de Abril de 2005

Mais um dia...

Aproxima-se uma data complicada para mim. Neste próximo domingo, 1 de Maio, é o Dia da Mãe. Ainda não sei bem como o vou passar. Em princípio vou ver a minha mãe apenas para lhe dar a prenda, e depois vou esconder-me em casa até ser segunda-feira. Já disse ao João que não vou com ele á casa dos pais dele. Ainda não tenho forças para estar na mesma sala que a irmã dele. E não quero sofrer desnecessariamente. Para quê sujeitar-me á tortura psicológica de imaginar como está a crescer o bebé que ela tem dentro dela? Para quê sujeitá-la ao meu olhar fixo, ansioso e triste, sobre a sua barriga que cresce dia para dia? Para quê?



Estamos quase em Maio. Cada vez que penso na Beatriz, penso que estaria a mais ou menos 2 meses de a ter nos meus braços. A minha menina respiraria pela primeira vez o nosso ar a 26 de Junho. E custa tanto falar neste tempo verbal... “respiraria”, “estaria”... algo que esteve tão perto de acontecer, mas que não foi possível... um sonho destroçado.



E dia 1 de Maio vai passar, como qualquer outro dia. E sinto dentro de mim uma sensação estranha. Sinto-me diferente, mais consciente daquilo que sou. Se no início me custava ver-me como uma mãe, agora já não é assim. Tenho cada vez mais consciência que fui mãe, sim. Aliás, continuo a ser mãe. A diferença é que não tenho um bebé nos meus braços.



Este domingo, eu não vou ter prendas, não vou ter cartões, não vou ter flores. Vou ter apenas recordações do que poderia ter sido. Vou acender uma vela e agradecer a maior prendas de todas: ser mãe de um anjo, que se chama Beatriz.
publicado por desejandoumanjo às 12:54
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|
Sexta-feira, 22 de Abril de 2005

An Angel Never Dies

Bem, aqui estou eu de volta. Tive uns dias de férias. Estava mesmo a precisar de tempo para mim e só para mim. Tenho alturas em que tenho uma necessidade imperiosa de estar sozinha. Pus as ideias em ordem, meditei sobre tudo o que me aconteceu. Tomei decisões. Quero retomar o controlo sobre a minha vida. Não posso deixar que o medo me domine para sempre, não é verdade? Há medida que o tempo passa torna-se menos dificil falar da minha filha, falar do que aconteceu. Também dou por mim a ser feliz, a rir sem culpa ou remorso. Mais um passinho pequenino para a recuperação. Todos os dias são uma pequena vitória, todos os dias em que não choro, em que consigo recordar a minha Beatriz, não com dor e culpa mas com amor e carinho. A minha vida continua, e é assim que deve ser.





Deixo aqui um poema, mais um que me toca bem no fundo da minha alma. Hoje, pela primeira vez, consegui lê-lo sem chorar. Um anjo nunca morre, permanece vivo eternamente nos nossos corações. Bom fim de semana para todos!! Jinhuuuussss e pensamentos felizes!!!!!





"AN ANGEL NEVER DIES"





Don't let them say I wasn't born,

That something stopped my heart,

I felt each tender squeeze you gave,

I've loved you from the start.

Although my body you can't hold,

It doesn't mean I'm gone.

This world was worthy, not, of me,

God chose that I move on.

I know the pain that drowns your soul,

What you are forced to face.

You have my word, I'll fill your arms,

Someday we will embrace.

You'll hear that it was "meant to be,

God doesn't make mistakes."

But that won't soften your worst blow,

Or make your heart not ache.

I'm watching over all you do,

Another child you'll bear.

Believe me when I say to you,

That I am always there.

There will come a time, I promise you,

When you will hold my hand,

Stroke my face and kiss my lips,

And then you'll understand.

Although I've never breathed your air,

Or gazed into your eyes

That doesn't mean I never "was"

An Angel Never Dies.....



By Jennifer Wasik
publicado por desejandoumanjo às 10:52
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|
Domingo, 17 de Abril de 2005

Decidi-me!

Estes últimos meses têm sido difíceis e complicados. Parece que estou perdida num labirinto e não consigo encontrar a saída. Todo este tempo tenho aprendido o quanto o ser humano pode ser frágil e, ao mesmo tempo, o quanto pode ser forte. Sempre achei que um dos maiores sofrimentos que alguém poderia passar é a morte de um filho. Infelizmente, vim a descobrir que é verdade. A morte de um filho é traumática, devastadora, desperta sentimentos que nem sonhávamos que existissem.



Quando a minha menina morreu, eu fiquei como que adormecida. O choque foi tão grande que quis bloquear qualquer tipo de sentimento. Por isso centrei-me em mim, na minha recuperação, no meu trabalho, na minha carreira. Passei todo este tempo a mentir a mim própria, a tentar convencer-me que tudo passaria rápido, que em breve estaria ultrapassado. Percebi hoje que não posso continuar assim. Tenho de ser honesta comigo própria.



Hoje, depois de ter sido mais uma vez vencida pelas lágrimas, perguntaram-me o que é que eu queria realmente. A minha resposta? A minha resposta foi " Quero ter um filho". Não pensei em carreira, em terminar o meu curso, não pensei em mais nada a não ser em ter outro filho, tão e somente. A partida da minha menina, o vazio que ela deixou, transformou a minha vida para sempre. Eu estava errada, andei a enganar-me este tempo todo, escondida atrás de uma máscara de felicidade que não existe.



Porque eu estou cansada de chorar, de sofrer, de me sentir vazia. Porque eu estou cansada de mentir, de fingir. Porque eu estou cansada de sentir este vazio, esta solidão. Porque eu quero viver, ser eu própria outra vez. Porque eu não morri há quatro meses atrás. Porque eu mereço muito mais e melhor do que esta prisão de lágrimas. Porque, onde quer que a minha Beatriz esteja, ela não quer nem merece uma mãe triste e apática. Por tudo isto, eu hoje decidi mudar.



Não vai ser fácil. As lágrimas vão continuar a cair, o vazio vai insistir em regressar de vez em quando, a dor vai ser mais forte alguns dias. Mas tenho de compreender e aceitar que não faz mal se me sentir feliz, não faz mal eu continuar a viver, não faz mal eu querer outro filho.



Hoje, eu tomei uma decisão: quero dar um irmão, ou uma irmã, á minha Beatriz. Porque eu ainda não estou pronta para desistir de ser mãe outra vez!
publicado por desejandoumanjo às 21:59
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
|
Quinta-feira, 14 de Abril de 2005

Carta Para Os Anjos

GH-guardian-mainimage.jpgCarta Para Os AnjosProcuro um lugarProcuro um amorProcuro um alguémProcuro me encontrar em algum lugar, com alguém que me de muito amor.E parece impossível.Já encontrei alguém que me largou no meio do caminho, que não quis encontrar nosso lugar, que simplesmente soltou minha mão.E eu chorei, chorei porque não tinha mais ninguém para me dar amor.Chorei porque eu tinha me acostumado a ouvir e dizer: TE AMOChorei porque agora estou sóEstou caminhando.Procurando alguém, mas na minha lembrança só vejo o teu rosto, só ouço a sua voz, só sinto nós dois, só vivo o passado.E no presente vou caminhando na mesma estrada aonde você largou minha mão.No meio dessa estrada tento achar outro alguém e continuar seguindo para algum lugar, o lugar que era só meu e seu aonde você não quis chegar.Mas no meu coração, bem no fundo sempre vai existir um pedacinho que hoje é triste mas, que ainda lembra feliz do que se foi, ainda lembra com esperança de te trazer de volta.Porque você já foi metade de mimPorque não consigo te falar.Então escrevo para os anjos.(Bia Castim)
publicado por desejandoumanjo às 13:30
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|
Quarta-feira, 13 de Abril de 2005

Lágrimas

Beatriz,



Não sei o que dizer, as palavras ficam presas na minha garganta, recusam-se a sair. Tenho-me sentido tão triste, tão sozinha, tão vazia. Passo os dias a imitar felicidade e alegria. Passo os dias a fingir que está tudo bem, que sou capaz de ultrapassar isto. Mas quando chego a casa, e fico sozinha, não consigo mais fingir. Cada vez que fecho a porta atrás de mim, o vazio instala-se. O silêncio tortura-me. Cada vez que entro, espero ouvir o teu riso, a tua voz. Cada vez que chego a casa, espero ouvir "mãe, chegaste!", e isso doi tanto, tanto.



Beatriz,



Eu sei que o tempo não volta atrás. Eu sei que nada poderia ter sido feito. Eu sei que te perdi. Eu sei que não vais voltar. Eu sei que estas lágrimas vão continuar a cair por ti. Eu sei que a minha dor um dia vai diminuir. Eu sei, eu sei, eu sei... Mas custa tanto sentir a injustiça de tudo o que aconteceu. Tu merecias ter vivido, tu merecias ter tido uma oportunidade. Eu sei que a culpa não foi minha, mas mesmo assim, preciso que me perdoes por não ter sido capaz de proteger e salvar.



Beatriz,



Eu tenho medo, muito medo. Tenho medo que isto não passe. Tenho medo de não conseguir ser forte. Porque tudo agora é tão assustador. Sempre controlei tudo na minha vida, percebes? E de repente, vejo-me aqui. Fragil, vulnerável e fraca. As lágrimas surgem do nada e são cada vez mais dificeis de esconder. Penso em ti e a saudade é tanta, tanta. Penso no que poderia ter sido. Penso em tudo o que faríamos juntas. Penso, penso e penso...



Beatriz,



Reparaste? Já passaram 4 meses. Nunca imaginei que alguma vez eu pudesse sentir tamanho desgosto. Perdi-te, filha, perdi-te. E doi não ter resposta aos meus porquês. Porque teve de ser assim? Porque tive de perder o meu maior sonho? Porque tem de ser tão difícil? Porque tenho de chorar todos os dias? Porquê? Porquê?



Beatriz,



Perdoa-me. Porta-te bem. Boa noite. Eu amo-te.
publicado por desejandoumanjo às 22:00
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Terça-feira, 12 de Abril de 2005

AAAAAAAARRRRRGHHHHHH!!!!!!

AAAAAAAAAAAAARRRRRGHHHHHH!!!!!!!!!!!!!!!!



Desculpem... mas estava mesmo a precisar de gritar. Esta semana começou mal, muito mal. Há pessoas que me tiram do sério. Ontem esteve aqui no meu emprego uma senhora que deve achar-se imensamente superior. Queria explicações para o seu filho e queria-as para ontem, claro! Ainda não assimilei bem a atitude desta mulher. Haviam de ver a arrogância, a prepotência... Queria que ligasse para as professoras á frente dela, como se duvidasse que eu o fizesse quando ela saísse. Não liguei, disse-lhe que as professoras estavam indisponíveis, que só poderia falar com elas depois do almoço. Pois a senhora continuou a demonstrar uma total incapacidade de compreender ou aceitar que não era o centro do universo. Eu não compreendo. Juro-vos! Eu não compreendo! Tem-se um filho e espera-se que ele tenha péssimas notas e que seja já quase o fim do ano lectivo para se tratar do assunto. Como se fosse assim tão fácil. Passam o ano inteiro preocupadas com as suas vidinhas, com os seus tratamentos de pele, com o seu cabeleireiro, com os seus chás com as amigas. E quando as coisas apertam, lembram-se durante um mês que são mães, que têm de cuidar dos filhos e apoiá-los nas suas dificuldades. Metem os miúdos em trinta mil actividades extracurriculares, satisfazem-lhes todos os caprichos, como se isso fosse o suficiente para suprir aquilo que lhes faz mais falta: a presença de uma mãe e de um pai. Não sei como vou ser como mãe, mas sei que assim é que eu não quero ser.



AAAAAAAAAAAAARRRRRGHHHHHH!!!!!!!!!!!!!!!!



Desculpem mais uma vez, mas estava mesmo a precisar de gritar.
publicado por desejandoumanjo às 14:08
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quarta-feira, 6 de Abril de 2005

Tesouros da Vida

"Tesouros da Vida"




Navegue, descubra tesouros, mas não os tire do fundo do mar, o lugar deles é lá.

Admire a lua, sonhe com ela, mas não queira trazê-la para a terra.

Curta o sol, se deixe acariciar por ele, mas lembre-se que o seu calor é para todos.

Sonhe com as estrelas, apenas sonhe, elas só podem brilhar no céu.

Não tente deter o vento, ele precisa correr por toda parte, ele tem pressa de chegar sabe-se lá onde.

Não apare a chuva, ela quer cair e molhar muitos rostos, não pode molhar só o seu.

As lágrimas? Não as seque, elas precisam correr na minha, na sua, em todas as faces.

O sorriso! Esse você deve segurar, não deixe-o ir embora, agarre-o!

Quem você ama? Guarde dentro de um porta-jóias, tranque, perca a chave!

Quem você ama é a maior jóia que você possui, a mais valiosa.

Não importa se a estação do ano muda, se o século vira, se o milénio é outro, se a idade aumenta; conserve a vontade de viver, não se chega à parte alguma sem ela,

Abra todas as janelas que encontrar e as portas também.

Persiga um sonho, mas não deixe ele viver sozinho.

Alimente sua alma com amor, cure suas feridas com carinho.

Descubra-se todos os dias, deixe-se levar pelas vontades, mas não enlouqueça por elas.

Procure, sempre procure o fim de uma história, seja ela qual for.

Dê um sorriso para quem esqueceu como se faz isso.

Acelere seus pensamentos, mas não permita que eles te consumam.

Olhe para o lado, alguém precisa de você.

Abasteça seu coração de fé, não a perca nunca.

Mergulhe de cabeça nos seus desejos e satisfaça-os.

Agonize de dor por um amigo, só saia dessa agonia se conseguir tirá-lo também.

Procure os seus caminhos, mas não magoe ninguém nessa procura.

Arrependa-se, volte atrás, peça perdão!

Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar necessário.

Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas.

Se achar que precisa voltar, volte!

Se perceber que precisa seguir, siga!

Se estiver tudo errado, comece novamente.

Se estiver tudo certo, continue.

Se sentir saudades, mate-a.

Se perder um amor, não se perca!

Se achá-lo, segure-o!

Caso sinta-se só, olhe para as estrelas: eu sempre estarei nelas. Não estão ao seu alcance mas estarão eternamente brilhando para você!

(Autor Desconhecido)
publicado por desejandoumanjo às 22:00
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

Uma Vitória

Tem sido uma semana cansativa. A minha colega está de baixa, tenho feito o meu trabalho e o dela. Estou estafada... Aproveitei este momento de descanso para vir até aqui. Quero partilhar algo com o mundo, algo importante para mim: hoje eu ainda não chorei! Pode parecer insignificante, ou estranho, mas para mim é uma grande vitória.



Estava aqui há pouco a ver televisão, quando ouvi "Picture of my own" dos Fingertips, e algo nessa música me fez pensar na minha menina, e apesar da tristeza e da saudade, não chorei. Apenas senti aquele vazio imenso, frio e desolador. Como eu queria estar grávida agora... como eu desejo ter um anjo nos meus braços...
publicado por desejandoumanjo às 20:26
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sexta-feira, 1 de Abril de 2005

O Guerreiro da Luz

Echoes of Light.jpg Hoje li algo de Paulo Coelho, no seu livro "Manual do Guerreiro da Luz", que me tocou. Um breve pensamento, que me pareceu tão inspirador e tão verdadeiro."O guerreiro da luz - sem querer - dá um passo em falso e mergulha no abismo.Os fantasmas assustam-no, a solidão atormenta-o. Como procurou o Bom Combate, não pensava que isto fosse acontecer-lhe; mas aconteceu. Envolto na escuridão, comunica com o seu mestre."Mestre, caí no abismo", diz. "As águas são fundas e escuras.""Lembra-te duma coisa", responde o mestre. "O que afoga alguém não é o mergulho, mas o facto de permanecer debaixo de água."E o guerreiro usa as suas forças para sair da situação em que se encontra."Bom fim de semana! Jinhuuusssss!
publicado por desejandoumanjo às 12:58
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. ...

. Tempo de mudanças...

. E finalmente...

. Bom Dia!

. Bom Fim de Semana!

. Nada como...

. Cansada, com sono, farta ...

. BOA SORTE LIGIA!!!

. Pesadelos

. Não têm...

.arquivos

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds